Resumo de Física 9º ano – Energia

Olá queridos alunos do 9º ano. Vamos estudar agora um dos assuntos mais importantes da Física, a Energia. Os tipos de energia que estão presentes no nosso cotidiano! Vamos lá!

1. INTRODUÇÃO

Podemos definir a energia como a capacidade que um corpo possui em realizar trabalho.

A seguir, resumimos os principais tipos de energia encontrados na natureza.

  • Energia cinética: associada a velocidade de um corpo. Um projétil é inofensivo, porém quando lançado com uma velocidade grande através de uma arma, se torna devastador.
  • Energia potencial gravitacional: associada a altura que um corpo se encontra. Uma pedra que cai do alto de um prédio pode causar sérios danos a um carro no solo.
  • Energia elástica: energia associada a sistema que se deformam, tal como molas ou elásticos.
2. ENERGIA CINÉTICA

A energia cinética de um corpo pode ser calculada pela expressão abaixo.

 

 

A unidade de energia é o Joule (J).

  • Energia cinética é diretamente proporcional ao quadrado da velocidade de um corpo.
3. ENERGIA POTENCIAL GRAVITACIONAL

A expressão abaixo é usada para calcular a energia potencial gravitacional de um corpo.

 

 

A energia potencial gravitacional depende de três fatores: da massa (m) do objeto, da aceleração da gravidade (g) e da altura (h) em que o corpo se encontra em relação a um ponto de referência.

Para determinar a energia potencial gravitacional de um corpo, é necessário estabelecer um nível de referência. No exemplo abaixo, a pedra de massa 200 gramas está localizada no topo de um prédio de 15 metros de altura em relação ao solo (nível de referência). Portanto, essa pedra possui 30 J de energia potencial gravitacional.

Porém, podemos escolher o nível de referência no topo do prédio. Nesse caso, a altura da pedra em relação a esse nível de referência é nula, assim como a sua energia potencial gravitacional.

Agora considere a pedra no solo. Mantido o nível de referência zero no topo de prédio, a energia potencial gravitacional da pedra é de – 30 J.

4. ENERGIA MECÂNICA

A energia mecânica de um corpo é o somatório da energia cinética mais a energia potencial (gravitacional e elástica) em um determinado ponto.

 

5. CONSERVAÇÃO DA ENERGIA MECÂNICA

Em sistemas onde atuam apenas forças conservativas, a energia mecânica se conserva durante toda a trajetória. A força peso, a normal e a força elástica são exemplos de forças conservativas, ou seja, o trabalho não depende da trajetória. Esse tipo de força não é capaz de transformar energia mecânica em outro tipo de energia.

  • A energia mecânica de um corpo permanece constante se atuam apenas forças conservativas sobre ele durante a sua trajetória.

 

7.1 Transformando energia mecânica em térmica

O atrito e a resistência do ar são considerados forças dissipativas pois transformam energia mecânica em energia térmica (calor), realizando um trabalho resistente. A energia total do sistema se conserva, porém, a energia mecânica não. Nos sistemas dissipativos, não é possível escrever a expressão:

 

 

Mais ferramentas de aprendizagem:

1 – Meu canal no Youtube:

2 – 7 lições do filme Harry Potter para você se tornar um estudante vencedor

3 – A importância da videoaulas